SketchUp 2016 – Conheça as novidades!

blog-img-2016-launch_0

imagem de divulgação do SketchUp 2016. Fonte: Trimble

Desde que foi adquirido pela Trimble, o SketchUp vem passando por constantes aperfeiçoamentos a cada atualização, tanto no que diz respeito à sua capacidade de processamento, quanto à melhorias nas ferramentas, na integração com outras soluções, e também na interface, melhorando sensivelmente o conforto e a usabilidade.
Veja a seguir uma lista com as principais novidades do SketchUp Pro 2016!

1 – Conexão direta com a Trimble Connect, plataforma on-line de colaboração e compatibilização e projetos

Uma das mais importantes inovações do SketchUp Pro 2016, se não a maior, é a oficialização de sua integração com a Trimble Connect, plataforma de colaboração, compatibilização e acompanhamento de projetos em nuvem. Na versão 2015, era necessário instalar uma extensão; agora a conexão está integrada ao SketchUp e foi sensivelmente melhorada. Em breve, não será possível pensar em um processo de projeto eficiente sem uma ferramenta como a Trimble Connect. Para saber mais sobre o serviço, veja este post do nosso blog:

http://dicasdesketchup.getpro.com.br/2015/04/15/trimble-connect/

As ferramentas que integram o SketcthUp ao Trimble Connect são tão importantes que merecem um post à parte (ou um tópico novo no nosso novo futuro livro SketchUp Pro passo a passo, hehe).

skp_2016_01

 

2 – Substitua um componente do seu modelo por qualquer um do 3D Warehouse

Agora é possível substituir qualquer componente do seu modelo por qualquer componente do 3D Warehouse (sim, a Trimble desistiu do nome “Armazém 3D”) apenas clicando com o botão direito do mouse sobre o componente e escolher 3D Warehouse/Recarregar…
É um recurso ótimo pra quem trabalha com modelagens complexas usando proxies e diferentes computadores. Você coloca toda sua coleção no 3D Warehouse e não precisa mais se preocupar se esqueceu um componente em uma determinada máquina. Certo?

skp_2016_02

 

3 – Novo Gerador de Relatórios!

Finalmente o Gerador de Relatórios do SketchUp ganhou uma atualização à altura de sua importância, principalmente quando se tratar de integrar o SketchUp em sistemas de trabalho baseados em BIM. O novo gerador de relatórios permite que você escolha as unidades de medida exportadas (antigamente era tudo só em polegadas), permite que você escolha os campos que quer exportar para o relatório, entre outras funcionalidades. Sem dúvida, um grande avanço para quem usa o SketchUp para extrair quantitativos e fazer orçamentos, atividade que vem se tornando cada vez frequente entre os usuários.

skp_2016_03

 

4 – Melhorias na usabilidade das ferramentas

São inúmeras as melhorias nas ferramentas de desenho e edição tradicionais do SketchUp: as inferências (dicas de pontos inteligentes) estão muito mais espertas, assim como as ferramentas para desenhar Arcos e Círculos, e quase todas as ferramentas de edição de objetos foram melhoradas. Tem tanta novidade aqui que provavelmente faremos um post só sobre isso em um futuro breve.

5 – Organização das paletas de ferramentas em bandejas

Agora é possível organizar as paletas de ferramentas no estilo bandeja, como sempre foi feito no SketchUp LayOut e em outros softwares de modelagem. Usando as paletas em bandejas a área de desenho fica muito mais livre e sua tela, mais organizada. Você também pode criar grupos de paletas, para organizar melhor o fluxo de trabalho e, se preferir, pode usar as paletas no estilo antigo, flutuando pela tela, se quiser.

skp_2016_05

 

6 – Atualização e reorganização dos materiais

Na versão 2016, a equipe do SketchUp fez uma reorganização dos materiais e atualizou a coleção, vale a pena dar uma olhada!

skp_2016_04

 

7 – Veja a lista completa e oficial (em inglês)

A lista completa das novidades do SketchUp 2016 está neste link:
http://help.sketchup.com/en/article/141303

Em breve, voltamos com outro post sobre as novidades do SketchUp LayOut 2016, que também tem novos e incríveis recursos!

Publicado em BIM, compartilhamento, SketchUp LayOut | Deixar um comentário

Como preencher atributos IFC e não geométricos em objetos do SketchUp? Como aproveitar tais dados em um documento do LayOut?

Quando você classifica um objeto como IFC, é possível abastecê-lo com diversos tipos de informações, que podem (e devem) ser utilizadas por outros parceiros de projeto e obra, caso o seu modelo seja parte de um sistema de trabalho baseado em BIM.

Se você classificar um objeto como sendo uma porta IFC (IfcDoor), será possível anotar o modelo da porta, o fabricante, o custo, entre outras informações. Estes dados ficam “presos” ao objeto (como se fosse uma etiqueta presa a uma camiseta), de modo que, se você exportar o objeto em IFC e abri-lo em outro software (como o Vectorworks, ArchiCAD, Revit, Tekla BIMsight, entre outros), os dados da etiqueta serão exportados também. Além disso, esses dados servem para você gerar relatórios no SketchUp e utilizá-los no SketchUp LayOut para complementar a documentação do projeto.

Veja a seguir como atribuir uma classificação IFC a um objeto e como anotar informações neste elemento (neste caso, usaremos como exemplo uma cadeira):

Primeiro, você precisa carregar o sistema de classificação IFC em seu projeto. O SketchUp já tem um arquivo com essas informações para carregá-lo. Vá ao menu Janela/Informações do modelo (Window/Model Info) e clique na aba Classificações (Classifications). Na janela que se abre, clique em Importar… (Import…), escolha o arquivo IFC 2×3.skc e clique em Abrir (Open) (figs. 01 e 02).

Fig. 01 – Na janela Informações do modelo, entre na aba Classificações

Fig. 02 – Importe o arquivo IFC 2×3.skc para o seu arquivo de projeto.

 

Vá à janela Informações da entidade (Entity Info) e, no campo Tipo (Type), escolha qual classificação IFC será atribuída ao seu objeto. Neste caso, como a cadeira é um elemento de mobiliário, ela será classificada como IfcFurnishingElement, como visto na fig. 03.

dados nao geometricos _ 16

Fig. 03 – Escolha IfcFurnishing para classificar a cadeira

Para anotar informações na “etiqueta” do objeto, clique com o botão direito sobre a cadeira, e, em seguida, escolha Componentes Dinâmicos/Opções do Componente (Dynamic Components/Component Options) de acordo com a fig. 04.

Fig. 04 – Abra a janela de Opções do componente para preencher os parâmetros.

Na janela que se abre você pode preencher os parâmetros disponíveis com os dados que desejar (fig. 05). Clique no sinal de + relativo ao parâmetro desejado, e em seguida faça a sua anotação. Quando terminar, clique em Aplicar (Apply).

Fig. 05 – Preencha os parâmetros nos campos disponíveis.

 

Se você quiser colocar mais informações no objeto, mas não há parâmetros IFC disponíveis (ou se os que houverem não forem relacionados ao tipo de informação que você quer guardar), será necessário criar novos campos. Veja, na fig. 06, que a cadeira usada como exemplo contém diversos campos, além daqueles relacionados à classificação IFC.

Fig. 06 – Você também pode criar novo s campos e preenchê-los como desejar.

Para criar tais campos, clique com o botão direito sobre o seu componente e escolha Componentes dinâmicos/Atributos de componente (Dynamic Components/Component Attributes) (fig. 07).

Fig. 07 – Entre na janela de Atributos de componente para criar a lista de opções.

Na janela que se abre, clique no sinal de + Adicionar atributo (+ Add attribute) e digite o nome do atributo a ser criado (fig. 08).

Fig. 08 – Adicione os atributos desejados nos campos disponíveis.

Para criar uma lista de opções relacionada ao atributo, em Regra de exibição (Display rule), escolha a opção Os usuários podem selecionar de uma lista (Users can select from a list). Em Opção de lista (List Option), clique no sinal + Adicionar opção (+ Add option) para criar suas opções de lista (fig. 09). Quando terminar, clique em Aplicar (Apply).

Fig. 09 – Crie as opções para a lista personalizada.

 

Os dados não-geométricos que estão vinculados ao seu objeto, no SketchUp Pro, podem ser exibidos como uma anotação (tag) atrelada à esse mesmo objeto, quando este aparece na documentação de um projeto, no SketchUp LayOut. Para saber como fazer isso acontecer:

  • Crie vistas do seu projeto no SketchUp Pro usando o recurso de Cenas (Scenes). Para saber mais sobre o assunto, veja o Capítulo 2 – Criar viewports e apresentar com o SketchUp LayOut do livro SketchUp LayOut passo a passo. Certifique-se de criar pelo menos uma cena em que seu objeto aparece.
  • Salve seu arquivo do SketchUp em Arquivo/Salvar (File/Save), e em seguida importe-o para o documento do SketchUp LayOut.
  • Na barra de ferramentas, escolha a opção Anotações (Label) e faça uma chamada de anotação para o objeto classificado anteriormente conforme a fig. 10.

dados nao geometricos _ 10

Fig. 10 – Crie uma chamada de anotação e veja que poderá acessar os atributos do componente.

 

Clique na seta ao lado para escolher, dentre as informações que você anotou no objeto, quais as que você quer que apareçam na prancha de documentação, como mostra a fig. 11.

Fig. 11 – Escolha dentre os atributos criados.

Pronto! Desse modo, todas as informações não-geométricas cadastradas em seu componente, no SketchUp, aparecem automaticamente na respectiva documentação, no SketchUp LayOut. Assim, há uma menor a probabilidade de erros e o trabalho manual na hora da documentação é diminuído. Caso as informações sejam alteradas, no modelo do projeto, no SketchUp Pro, os dados nas pranchas do SketchUp LayOut serão atualizados automaticamente.

Nos próximos posts, você vai descobrir como modelos IFC exportados do Revit, ArchiCAD, ou Vectorworks, por exemplo, se comportam quando abertos no SketchUp. Se não quiser esperar a gente escrever, pode ir testando, os resultados são muito bons. Até lá!

Publicado em BIM, IFC, representação 2D, SketchUp LayOut | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

Conheça a biblioteca gratuita de móveis planejados personalizáveis da Gabster

Há algumas semanas, e sem muito alarde, a desenvolvedora gaúcha Gabster, que trabalha com sistemas para a produção automatizada de mobiliário planejado e personalizável, lançou o plug-in gratuito Gabster LITE, para o SketchUp.

GABSTER

O Gabster LITE lhe dá acesso à uma enorme biblioteca grátis de componentes dinâmicos para SketchUp. Todos eles foram modelados segundo os padrões da indústria moveleira brasileira, o que quer dizer que, ao usar um objeto da Gabster, você está usando um modelo que pode ser produzido de modo muito rápido por diversas  indústrias do país. Como os objetos são dinâmicos, você pode alterar medidas, opções de materiais de acabamento, puxadores, tipos de fecho, entre outros atributos, sem precisar modelar ou re-modelar nada.

Para usar o Gabster LITE e ter acesso grátis aos móveis, você precisa baixar o plug-in no Armazém de Extensões do SketchUp e fazer um cadastro no site da Gabster. Você vai usar as informações fornecidas no site da Gabster para ter acesso à janela do plug-in, dentro do SketchUp.

GABSTER_2

Nós testamos os objetos do Gabster LITE: eles são realmente excelentes (apesar de um pouco pesados para baixar, na primeira vez que se usa o sistema), mas são uma verdadeira mão-na-roda para quem trabalha com planejados. Daí, você pode perguntar: mas o que uma empresa como essa ganha fornecendo, de graça, essa quantidade imensa de objetos?

A resposta é simples: se você quiser fabricar o móvel Gabster que configurou, você pode enviá-lo para uma fábrica que tem o sistema Gabster completo. O sistema Gabster completo (que é pago) é capaz de ler o objeto e retirar dele, automaticamente, todas as informações para a produção e embalagem de todas as peças necessárias para a montagem do móvel. Desse modo, qualquer móvel que você tenha personalizado com o Gabster LITE pode ser produzido industrialmente (seja uma vez ou milhares de vezes) sem que haja perda de produtividade, na ponta da indústria. É o princípio do BIM (Building Information Modeling) aplicado à produção da indústria moveleira brasileira.

Usando o Gabster, o profissional que trabalha com design de planejados (de modo autônomo ou em uma loja de planejados, por exemplo) pode criar as peças que quiser, com as medidas que achar melhor, de acordo com as necessidades de cada cliente, sem que isso signifique demora na produção ou entrega, ao contrário da maior parte dos sistemas atuais, onde ou o cliente escolhe entre poucas opções para receber os móveis em prazo curto, ou pede um projeto personalizado que tem um tempo longo de entrega e um custo alto.

Veja, nos filmes abaixo, como é a integração feita entre o SketchUp-Gabster e a linha de produção:

 

 

 

 

Publicado em Dicas, fabricação digital, Plugins | 4 comentários

Promoção ProBooks!

SKP-Combo

Já usa bem o SketchUp, mas não saiu do basicão?
A ProBooks resolveu dar uma força pra você!
Até o fim do mês de Agosto, você pode comprar o combo
SketchUp Pro Avançado +
SketchUp para design de móveis +
SketchUp LayOut passo a passo +
SketchUp Pro 2014 – novidades,
de R$ 376,00 (edições em papel), por apenas R$244,40!
Está na hora de ostentar na modelagem e documentação 🙂
Confira este e outros combos com livros de SketchUp em
Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário

Componente Dinâmico a partir de 2 objetos

Com o plugin Componente Dinâmico a partir de 2 objetos você vai poder criar, automaticamente, um componente dinâmico com duas opções de geometria, “A” e “B”.

Sem nome - SketchUp Pro_3

Você deve sobrepor dois objetos (grupos ou componentes) e acionar o comando. Escolha um nome e clique em OK. Os objetos originais serão apagados e você poderá alternar entre as duas opções do componente dinâmico criado.

Sem nome - SketchUp ProSem nome - SketchUp Pro_2

 

Para baixar o plugin gratuitamente visite: http://www.probooks.com.br/

Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário

Zorro – Para fazer um corte permanente

O Zorro é uma ferramenta que corta todos os objetos visíveis. É muito útil para dividir um modelo de maneira permanente (ao contrário da ferramenta de seção, que corta apenas a visualização do modelo). O Zorro está disponível para baixar gratuitamente no site SketchUcation.

Vá ao menu Ferramentas/Zorro (Tools/Zorro).

SKA_zorro

figura 1 – Ferramenta Zorro

Clique onde quer dar início ao corte, mova o cursor na direção que quiser e clique onde quer terminar. Para cortar objetos que estão dentro de grupos e componentes, mantenha pressionada a tecla Ctrl ao executar a ferramenta.

SKA_ZORRO

figura 2 – Exemplo de corte com o Zorro

SKA_ZORRO01

figura 3 – Resultado do corte

Observe o resultado.

SKA_ZORRO

figura 4 – Resultado final

Uma outra opção é usar o Zorro a partir de um plano de seção. Para ver como funciona, coloque um plano de seção na posição desejada. Depois clique com o botão direito do mouse sobre o plano e escolha a opção Slice to Model at Section. Desse modo o modelo será cortado no alinhamento do plano de seção.

SKA_ZORRO03

figura 5 – Corte a partir de um plano de seção.

É importante lembrar que o Zorro secciona as faces e não grupos e componentes; ou seja,
para separar ou excluir um dos lados da seção gerada é necessário entrar em cada um dos
componentes ou grupos existentes.

Referência bibliográfica:
GASPAR, João. SketchUp Pro Avançado. São Paulo: ProBooks, 2015.
Disponível em Editora ProBooks

Publicado em Uncategorized | 3 comentários

Layers Panel – Um painel de camadas mais completo

O Layers Panel, desenvolvido pelo designer francês Thomas Hauchecorne, pode ser usado em lugar do painel de Camadas (Layers) padrão do SketchUp, por ser mais completo; com ele é possível separar as camadas por grupos que podem ser ocultados, travados, entre outras operações que ocupam menos tempo do que se fossem feitas com o painel  tradicional. Ele também é associado aos plugins de render instalados no SketchUp, permitindo desativar a visibilidade de camadas durante o processo de renderização.

SKA_LAYERSPANEL

O plugin é gratuito através da comunidade SketchUcation e pode ser baixado no endereço http://sketchucation.com/plugin/751-layers_panel.

Referência bibliográfica:
GASPAR, João. SketchUp Pro Avançado. São Paulo: ProBooks, 2015

Publicado em Dicas, Plugins, render, Uncategorized | Com a tag , , | Deixar um comentário

CL3VER – Serviço de visualização de modelos 3D em tempo real na nuvem

ska_cl3ver

CL3VER é um serviço de visualização de modelos 3D em tempo real na nuvem. Essa tecnologia de visualização é complementada pelos serviços de consultoria que a empresa fornece, de forma mais eficiente na web e móvel. O “molho secreto” do CL3VER é sua plataforma de nuvem proprietária fácil de usar, baseada nos principais padrões HTML5, permitindo o uso de conteúdo 3D em qualquer dispositivo – celulares, tablets e notebooks. O serviço é oferecido pela Nemetschek, grupo empresarial alemão que também distribui os softwares ArchiCAD e Vectorworks.

Ele pode ser baixado no Armazém de Extensões.

Referência bibliográfica:
GASPAR, João. SketchUp Pro Avançado. São Paulo: ProBooks, 2015

Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário

Por que o SketchUp 8 e o 2013 não vão mais ter acesso direto ao Armazém 3D?

Eu quero o Armazém 3D dentro do meu SkechUp!!!!!

Eu quero o Armazém 3D dentro do meu SketchUp!!!!!

A partir de 1º de junho de 2015 quem usa o SketchUp 8 e o 2013 não poderá mais ter acesso direto (ou seja, por dentro do software) ao Armazém 3D.

A notícia não é tão nova, mas muita gente ainda tem dúvidas sobre o assunto. Já li até mesmo pessoas acreditando que o SketchUp 8 e o 2013 vão parar de funcionar, entre outras hipóteses esquisitas. Calma, não é nada disso.

O que acontece essas foram as últimas versões do SketchUp produzidas pela Google. Mais tarde, o programa foi vendido para a Trimble, que é responsável pelas versões 2014 e 2015, e assim por diante.
O que acontece é que, quando você usa a busca de componentes no SketchUp 8 (ou no 2013), você é direcionado aos servidores antigos do Armazém 3D (na Google), e depois redirecionado aos novos servidores, da Trimble. Isso fez parte de um acordo comercial (de suporte a antigos usuários) que teve data para acabar, e pelo jeito acabou, mesmo.

Em todo o caso, é possível continuar baixando os objetos do Armazém 3D por qualquer navegador, como o Firefox, Chrome, Explorer, Safari, normalmente!
Mais informações, em inglês, sobre esse assunto, estão aqui:
http://help.sketchup.com/en/article/3000177

E você pode continuar usando o SketchUp 8 como sempre usou.
Muito embora o 2015 seja beeeeeeem melhor 😉

 

*crédito da foto de Guilherme Yagui, sob licença Creative Commons CC BY 2.0

Publicado em Uncategorized | 4 comentários

3skeng – Ferramentas para atender aos profissionais das diversas engenharias

Os plugins 3skeng (nome que sintetiza as palavras “3D”, “SketchUp” e “engenharia”), desenvolvidos pela empresa alemã SHK Engineering and Consulting, são ferramentas de desenho e documentação criadas para atender aos profissionais das diversas engenharias, além de técnicos de ventilação, hidráulica e elétrica. Possui ferramentas para projeto de equipamentos, tubos, dutos de ar, conduítes e canaletas. O 3skeng é divido em três plugins:

SKA_3skeng

3skeng Pipe: É um plugin para criação de equipamentos hidráulicos, tubulações e encanamentos. O valor da licença é US$299 e você pode comprar bibliotecas complementares com valores a partir US$39.
3skeng Channel: É um plugin para crianção de dutos de ar, conduítes e canaletas. O valor da sua licença é de US$129.
3skeng Steelwork: É um plugin para criação de estruturas metálicas, bem como vigas, colunas e outros componentes. O valor da sua licença é US$179.

Os plugins estão disponíveis para download nesse link. Os valores citados das licenças são de fevereiro de 2015.

Referência bibliográfica:
GASPAR, João. SketchUp Pro Avançado. São Paulo: ProBooks, 2015

Publicado em desenho técnico, Dicas, Plugins | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário